jusbrasil.com.br
1 de Agosto de 2021

Olimpíadas e Higienização forçada de moradores de rua

Prefeitura do Rio de Janeiro é investigada por expulsão de moradores de rua no intuito de esconde-los de turistas

Clarissa Tonini Martin, Advogado
há 5 anos

Olimpadas e Higienizao forada de moradores de rua

A Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro está investigando suposta prática da Prefeitura do Rio de Janeiro da política de "higienização" na cidade.

Segundo reportagem do uol, a defensoria pública constatou que pessoas em situação de rua vêm sendo expulsas de forma truculenta dos locais públicos em que costumam ficar. O objetivo seria escondê-la dos turistas durante a Olimpíada. A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SMDS) nega responsabilidade em eventuais arbitrariedades.

Os cerca de 50 questionários reunidos registram depoimentos de pessoas que dizer ter sido retiradas à força, tido seus pertences recolhidos e sido tratadas, muitas vezes, de forma agressiva. Segundo os dados da Defensoria, a Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) é responsável por 49% das violações cometidas contra a população de rua (24% por agentes da Operação Choque de Ordem), seguida pela Guarda Municipal (17%) e Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social - SMDS (14%).

O mesmo fato ocorreu durante a Copa do Mundo quando o Ministério Público denunciou a prática.

E você? É a favor da política de higienização? Seria uma lesão ao princípio da dignidade humana? E a liberdade? Opine.

Veja reportagem completa em: UOL

14 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Não é uma questão de liberdade mas de hipocrisia dessa e de tantas prefeituras q querem "limpar" a cidade pra turistas. Só q a merda continua noutro lugar. Não estou afirmando q ser pobre é a merda, mas q a merda é essa política de desatenção aos menos favorecidos, sendo tratados como lixo, descartáveis, muito desrespeito - não, por não deixarem morar na rua, mas por manter esse status em outro lugar. Em São Paulo, há 400 mil imóveis desocupados pela ganância de seus proprietários q, sequer mantém suas propriedades em ordem. Estão à espera de uma boa oportunidade de venda às incorporadoras q construirão prédios de luxo. E a função social destes imóveis? Um imóvel desocupado por tantos anos perde a sua função de moradia particular.
Não é preciso ocupar a casa de vcs, há prédios inteiros VAZIOS e sem função. Mas não, a propriedade privada é mais importante do q a vida humana, mesmo q não sirva pra nada por anos a fio. Esse tipo de valor especulativo é imoral com tanta gente sem ter onde morar pq - várias razões q não me cabe enumerar aqui.
Esconder a pobreza ao invés de erradicá-la, é como lavar a cara e não tomar banho. Cruel para as narinas um pouco mais apuradas. continuar lendo

"Prefeitura do estado do Rio de Janeiro" assim que se escreve "Estado", não existe Prefeitura do Estado. continuar lendo

Obrigada pela observação. continuar lendo

Leia com atenção: a Defensoria Pública do Estado investiga a Prefeitura... continuar lendo

Apenas uma dúvida. A matéria é bastante interessante, mas essa foto de arquivo é de São Paulo, precisamente na Amaral Gurgel, penso eu, e não do Rio conforme foco do texto. continuar lendo

Poucas coisas podem ser mais nojentas do que esconder seres humanos sofridos como se eles fossem um lixo a ser jogado fora. Tanta coisa poderia ser feita por eles, e a opção das nossas autoridades é cuidar para que eles não estraguem as fotos.
O eleitor vai aceitar isso até quando? continuar lendo